Juventude vai às ruas também em Rio das Ostras

Rio das Ostras 2013. A cidade mudou. São 21 anos desde que o distrito de Casimiro de Abreu emancipou-se. A ‘cidade mãe de quem nasce ou de quem vem pra ela’ como diz seu hino, deixou tanta gente mamar em seu seio e comer do seu pão, que, hoje, o número de habitantes da cidade dormitório, da cidade universitária, da cidade esperança, ultrapassa 130 mil e só tende a crescer.

Desde segunda-feira (18) a juventude está saindo às ruas, unindo-se ao movimento das manifestações em todo o Brasil e convidando a população a acompanhar.

Ontem, cerca de 200 jovens, estudantes, trabalhadores, servidores públicos, moradores de Rio das Ostras, organizaram-se em uma manifestação pacífica em frente à Praça José Pereira Câmara, no centro da cidade.

Hoje à tarde, os organizadores do movimento em Rio das Ostras farão uma Oficina de Cartazes e, às  17h, o grupo se reunirá na Praça José Pereira Câmara e seguirá em marcha até a Câmara Municipal, em Terra Firme.

Segundo um dos responsáveis pela comissão de organização das manifestação em Rio das Ostras, cujo nome prefiro preservar no anonimato, o “Movimento é, ao mesmo tempo autônomo e local, tendo como pautas: a Saúde, o Planejamento e o Transporte, a Educação e a Segurança Pública; mas também é a fração do movimento nacional, que a partir do mote dos transporte, se propõe a rediscutir a nossa sociedade como é concebida hoje numa perspectiva de revolução dos paradigmas culturas, econômicos e sociais estabelecidos hoje pelo sistema capitalista.”

Aderindo ao cenário nacional das manifestações que reivindicam a não aprovação da PC 37, que tira o poder investigativo do Ministério Público, o aumento do curto de vida e, principalmente o respeito aos usuários dos transportes coletivos com melhorias das frotas e redução das tarifas de ônibus em todo o Brasil. Rio das Ostras entra na lista das cidades que estão mostrando a força do povo contra os desmandos dos governos e isso, além de ser histórico, representa o amadurecimento da juventude local, que ao longo dos últimos oito anos vem aprendendo a ir pras ruas lutar por dias melhores e condições mais dignas para trabalhar e viver na cidade.

Com relação à relação da PM para com os manifestantes, pelo que vemos no vídeo, aparentemente, contrariamente ao posicionamento da Guarda Municipal em outras manifestações que já vi em Rio das Ostras, onde a mesma recebe comando de formar barreiras e impedir os manifestantes de seguirem em marcha, os policiais militares que aparecem dialogando com um dos manifestantes no vídeo, agiram de maneira pacífica.

Ainda não foi confirmado, mas parece que a Fan Page criada pelos manifestantes na maior rede social do mundo foi bloqueada e denunciada e acabou caindo do ar. O que parece não ter influenciado em nada o movimento, já que horas depois, outra Fan Page já estava online e hoje conta com mais de 4 mil pessoas confirmadas para a manifestação de hoje e de amanhã na cidade.

Rio das Ostras, vem pra RUA!!! Acesse a Fan Page aqui!

Participe do Evento!

Rio das Ostras, no litoral do Rio de Janeiro, entra em ranking de preferência turística nacional

O município de Rio das Ostras, no interior do Rio de Janeiro, acaba de entrar para um ranking sobre os destinos litorâneos mais buscados pelos brasileiros. Elaborada por uma revista focada em negócios e turismo, a lista revela que a cidade da Região dos Lagos ocupa a 17ª posição na preferência dos turistas nacionais que desejam passar alguns dias relaxando em um lugar cheio de belas paisagens.

O resultado representa um aumento de 194% no interesse turístico nacional por Rio das Ostras, e revela que a cidade disputa espaço de igual para igual com destinos badalados de todo o mundo, como praias de Los Angeles, nos EUA, e do Taiti, na Polinésia Francesa.

Como não poderia deixar de ser, a novidade animou autoridades e empresários do setor de serviços do município, que já pensam em estratégias para ampliar o leque de atrações oferecidas, que hoje já conta, por exemplo, com o Festival de Frutos do Mar e o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival.

Além desses e outros eventos, Rio das Ostras vem caindo nas graças dos brasileiros por conta de suas belezas naturais. São ao todo 15 praias bem preservadas e capazes de atrair tanto os amantes dos esportes radicais quanto quem prefere um banho mais calminho. Sem falar na deliciosa Lagoa do Iriri e no sol que brilha por lá pelo menos 300 dias por ano. Quem visita Rio das Ostras conta ainda com uma grande variedade de bares e restaurantes especializados na culinária regional.

Fonte: Vígula

Lançamento de livro sobre a história recente de Rio das Ostras contada pela imprensa local, marca a programação de atividades culturais da semana de aniversário de 21 anos do município

Leonor Bianchi

Rio das Ostras, no norte fluminense do estado do Rio de Janeiro, completa nesta semana, no dia 10 de abril, seu vigésimo primeiro aniversário. Para comemorar a data, uma série de atividades culturais está programada para acontecer.

A prefeitura não contratou nenhum artista-celebridade para se apresentar no final de semana, para conter despesas, e está dando protagonismo aos agentes culturais da cidade. É verdade que alguns destes são de outros municípios, mas estão aparecendo depois que chegaram com seu trabalho em Rio das Ostras e por isso foram ‘escalados’. É o caso o ilustrador Aurélius Lobão, que não mora em Rio das Ostras e passou a ter relação com a cidade de um ano e meio para cá, mas está entre os artistas que farão a festa da cidade neste 2013. Há quem veja isso como um problema: não valorizamos a prata da casa, consequentemente acabamos tendo que trazer de fora…

..Mas sem preconceito, até porque a arte não tem fronteiras… e vamos que vamos, que o povo precisa de educação cultural, e é pra frente que se anda… a semana ainda terá o pré-lançamento do primeiro livro sobre a imprensa local.

A imprensa na cidade que mais cresceu no Brasil. A história recente de Rio das Ostras revisitada em matérias jornalísticas produzidas entre 2005 e 2007, apresenta uma Rio das Ostras dez, onze… anos depois de sua emancipação, a troca de governo entre Sabino e Carlos Augusto, a chegada de milhares de novos moradores, que fizeram com que o município ganhasse o título de cidade brasileira que mais cresceu (em termos populacionais) nos últimos 10 anos.

O livro traz reportagens e matérias especiais produzidas durante os quatro primeiros anos do mandato do prefeito Carlos Augusto. Fatos como a chegada da Delegacia Legal à cidade; a construção da nova ponte sobre o rio das Ostras; a pavimentação de ruas nos bairros periféricos como Âncora e Cidade Praiana; a assinatura da primeira Primeira Parceria Público Privada para saneamento básico feita no Brasil; a poluição do rio que dá nome à cidade; a instalação de um emissário submarino; a chegada de professores, alunos e servidores da UFF, transformando Rio das Ostras definitivamente numa cidade universitária e de jovens; e a vinda de centenas de novos servidores para o serviço público municipal, delineando novas características sociais e políticas ao município. Estes, entre muitos outros acontecimentos relevantes e que revelam a história política, social e cultural de Rio das Ostras são narrados no livro através de matérias jornalística produzidas para o jornal (na época, diário) de Búzios, Primeira Hora, pela jornalista que vos escreve.

O livro integra a coleção da Série Memória da Imprensa Riostrense, dos Cadernos de Comunicação, projeto editorial totalmente independente, que venho desenvolvendo desde 2012.

O livro sai pela editora #ruap, do grupo de comunicação O Polifônico.

Os primeiros exemplares foram produzidos em mídia digital (CD) e E-book. Os impressos poderão ser adquiridos através de encomendas.

Na sexta-feira, unirei o útil ao mais agradável: durante a apresentação do meu companheiro, Rúben Pereira, violonista no grupo Só Pra Moer, nas comemorações deste aniversário, estarei com exemplares à venda, na Concha Acústica.

Apresse-se em encomendar seu exemplar, pois a tiragem de pré-lançamento é limitadíssima.

Para conhecer mais sobre os Cadernos de Comunicação, acesse a página do projeto na rede social:

http://www.facebook.com/pages/Cadernos-de-Comunica%C3%A7%C3%A3o/477128898992944

17906_532684520075798_1540235999_n

Rio das Ostras: Mais uma cidade partida, e o mosquito da Dengue

Ponte sobre o rio das Ostras. Projeto megalômano, que descaracterizou por completo a paisagem rural e praiana da cidade. Foi inaugurada em 2007.

Ponte sobre o rio das Ostras. Projeto megalômano, que descaracterizou por completo a paisagem rural e praiana da cidade. Foi inaugurada em 2007.

O que essa ponte tem a ver com a cidade? Olha a favelização em segundo plano… assim está minha amada Rio das Ostras…

Agora começa 2013. Começo do novo-velho governo. Será que vai estabilizar ao menos? Infelizmente, não creio não…

É preciso preservar as belezas naturais como lagoas, praias, os morros, as trilhas na mata de tabuleiro… a serra do Pote, as tradições do homem da terra, o pescador, o agricultor de Cantagalo e Rocha Leão…

Hoje, tudo mudou. Pessoas aos montes invadem com tamanha pressão a cidade, que o mangue não resiste. O de cima sobe e o debaixo desce mais a cada dia, a cada ano. É preciso valorizar o ser humano.

Rio das Ostras… que saudade de você como era há 20, 30, 40 anos… mas o progresso te alcançou. De tapera passou à cidade que mais cresceu no Brasil! A vizinha da capital do petróleo. O El Dourado para milhões de famílias de brasileiros, que sonham com a oportunidade de uma vida melhor, mais digna.

Mas que dignidade é essa?

A cidade amanhece sob uma gravíssima notícia: surto de Dengue. Não é a primeira vez que Rio das Ostras aparece no mapa como cidade com altos números de casos de Dengue. Até o momento, 1416 casos de suspeitas de Dengue estão sendo analisados e 75 casos já foram confirmados.

Centro de Hidratação de Dengue

Enfrentando epidemias de Dengue há quatro, cinco anos, os gestores sabiam que precisariam investir mais na prevenção, mas deixaram para investir em um Centro de Hidratação, ou seja, um instrumento para ser colocado em funcionamento quando a epidemia já estiver instalada.

E a prevenção?

Dengue matou duas pessoas na cidade, em 2011

O vídeo abaixo, gravado pela afiliada da Globo Intertv Alto Litoral, com reportagem da jornalista Renata Monteiro mostra bem a realidade que a cidade vem enfrentando quando o assunto é prevenção ao Dengue, ou a falta dela.

Em 2010, foram feitas 802 notificações da doença. Em 2011, quando foi feita a reportagem, Rio das Ostras registrou 289 casos suspeitos de Dengue, 53 casos de Dengue Hemorrágica e duas mortes.

Foi em 2010 e início de 2011, que o governo anterior contratou centenas de pessoas para atuarem como Agentes de Vigilância Sanitária no combate ao Dengue, na cidade. Foi uma farra, colocou todo mundo pra brincar de ser agente sanitário. Na mesma farra, o governo atua culpabilizando a população. O que os gestores não deveriam é conceder licença de obras nas áreas citadas na matéria e em dezenas de outras, que estão em situações semelhantes. O que não deveria ter feito era a troca de lotes no Âncora, Recanto (o famoso Invasão há 20 anos atrás) por votos. E fizeram muito, mas muito isso em Rio das Ostras. Fazem até hoje!!! O bairro Âncora hoje está favelizado não é à toa; deram uma mãozinha pra que isso acontecesse para depois pedir recursos para o Estado e a União.

E a apresentadora da matéria… que chega quase a explodir de felicidade referindo-se ao povo de Rio das Ostras, que estaria feliz, satisfeito com as ações de combate ao mosquito da Dengue. Gente, tá na cara que ela tá comprada! Como a população pode estar satisfeita quando a cidade registra dois mil casos de Dengue e duas mortes? Funciona assim, a matéria tem que ir ao ar porque os dados estão alarmantes, então a Secretaria de Comunicação liga para o veículo e faz um lobbizinho com o editor.. ‘Poxa, Fulano, sabe como é… joga no ar, mas tenta não deixar o drama do cenário ser percebido na matéria senão você acaba comigo. A cidade está em polvorosa!!! Tá morrendo gente, não podemos dizer isso assim… Tenta dar uma levantada…”, e desliga o telefone depois de dizer que enviará um convitezinho para algum jantar, algum final de semana numa pousadinha de Búzios… uma coisa  desse tipo…  e atitudes como essa levam a apresentações lastimáveis como a que essa da reportagem faz… e a gente vê isso todo dia, não é mesmo? Hoje, meio dia ela estará lá rindo da nossa cara enquanto noticia mais uma morte de Dengue na cidade. Tudo uma falta de noção… nessa cadeia…

Rápida entrevista com candidatos à Prefeitura de Rio das Ostras

 

Os candidatos ao governo municipal de Rio das Ostras parecem se esconder dos eleitores. Timidamente aparecem algumas fotos de caminhadas vazias nas ruas de alguns bairros mais populosos na rede social Facebook, mas o eleitor não curte, tampouco compartilha. Nas ruas, muitas placas na região central da cidade, mas nada como já se viu em eleições anteriores em Rio das Ostras.

Hoje, a um mês das eleições, ainda há muita gente sem um candidato, e muita gente sem saber quem são os candidatos à Prefeitura de Rio das Ostras.

Por mais que os candidatos que aí estão não representem uma mudança real para a gestão de Rio das Ostras, é preciso definir o voto.

O Observatório da Imprensa Local aproveita a ocasião oportuna e divulga as entrevistas televisionadas hoje pelo SBT Cidade. Não se trata exatamente de uma entrevista, mas cada candidato respondeu duas perguntas feitas por duas moradores da cidade.

Essa rápida entrevista não dá clareza suficiente sobre as propostas de cada candidato, mas serve como mais um elemento que o eleitor pode ter para subsidiar suas impressões acerca dos candidatos e construir uma opinião sobre em quem deverá votar.

São 5 os candidatos à Prefeitura de Rio das Ostras nestas eleições:

Lena do Âncora – Psol

Zezinho Salvador – PSDC

Sabino – PCS

Eduardo Castro – PR

Elisangela Broder – PTN

Assista

<p><a href=”http://vimeo.com/48972069″>Enrevista com candidatos ao governo municipal de Rio das Ostras SBT 01</a> from <a href=”http://vimeo.com/user13361868″>O Polif&ocirc;nico</a> on <a href=”http://vimeo.com”>Vimeo</a>.</p>

<p><a href=”http://vimeo.com/48962981″>Enrevista com candidatos ao governo municipal de Rio das Ostras SBT 02</a> from <a href=”http://vimeo.com/user13361868″>O Polif&ocirc;nico</a> on <a href=”http://vimeo.com”>Vimeo</a&gt;.</p>

Rio das Ostras ganha um presente inesquecível nos seus 20 anos: Boechat arrebenta com prefeito e vereadores que aprovaram a criação de mais quatro secretarias de governo na cidade

Ricardo Boechat, conceituado jornalista da Rede Bandeirantes deu a nota que vocês ouvirão a seguir…

O fato: a criação de mais quatro secretarias de governo em Rio das Ostras.

Não esqueçamos que o jornal RJ News, do grupo do ex-prefeito Acebíades, fechou uma ‘parceria’ com a Band.

Agora… Boechat… logo você se servindo a isso?

Tá estranha essa parceria.

O Observatório da Imprensa local está de olho!